Pular para o conteúdo principal

Arquitetura do vinho no Uruguay (2)






Conforme a imagem, esta fantástica vinícola, está localizada em uma varanda natural de onde é possível enxergar a vasta extensão das ondulantes vinhas.

Os projetistas da obra, os arquitetos Bórmida & Yanzón, estão dedicados a uma arquitetura da paisagem, fazendo neste caso uma interpretação da terra de Garzón -no Uruguai- e, logo propondo uma arquitetura a partir dessa paisagem, úmida e rochosa. Os insumos para o projeto foram as grandes rocas naturais como elemento a preservar, sua particular floresta nativa e, as colinas cheias de morros arredondados e barrancos. Nestas depressões naturais da terra, temos três naves de fermentação para vinhos de diversas gamas; a bela paisagem se continua nos telhados verdes das edificações. 


Inusitado forro no restaurante


O projeto tem acessos diferenciados para as áreas de produção e de turismo; possuindo um restaurante para 120 pessoas, bar do vinho, loja de merchandising, sala de usos múltiplos e degustação de vinhos. Bodega Garzón é uma das maiores vinícolas do mundo com 15.240 m², um investimento de 85 milhões de dólares e, uma capacidade de produção de 2 milhões 200.000 litros. Construída na serra, até o 40% da energia consumida é eólica e fotovoltaica, de geração própria. Atenção amantes do vinho, sabiam que podem ter ali a sua própria adega para armazenamento de vinho? Fácil, se registrando no seu clube de membresia internacional de alto nível.  http://bodegagarzon.com/pt/adega/

Postagens mais visitadas deste blog

Casa de Philippe Starck (1)

Esta é a casa PATH Prefabricated Accessible Technological Homes do “enfant terrible” Philippe Starck; uma moradia pré-fabricada eficiente e auto-suficiente desde o ponto de vista energético, foi desenhada para consumir um terço da energia que uma casa convencional. Surgiu duma bela pareceria entre este designer sui generis Starck e a empresa Riko, um dos principais fabricantes europeus de edificações pré-fabricadas sustentáveis de madeira. Philippe Starck gosta de se divertir com seus desenhos, sempre comprometidos com valores éticos e ecológicos, as suas realizações são um mix de poesia, rebelião e beleza. No entanto Riko é uma empresa de alta tecnologia com experiência em isolamento de última geração e tecnologia de produção de energia.




No total o sistema PATH compreende 4 diferentes modelos de casas, com 34 tipos diversos de plantas; com telhado inclinado a uma água ou a duas, ou com cornija, esta chamada de modelo Montfort. Esta cornija esconde os equipamentos de produção de energi…

Bike de Philippe Starck

O Philippe Starck é realmente um gênio, ele vê antes coisas que outros não souberam ver, o que acham desta bicicleta-patinete ? A engenhosa bicicleta Pibal foi idealizada por este designer francês -na sua infância já desmontava bicicletas, motocicletas e outros objetos- em parceria com o fabricante de veículos Peugeot, com 130 anos de experiência. Quando o modelo saiu à rua, 300 destas Pibals estavam a disposição dos moradores e turistas da cidade de Bourdeaux, capital de Aquitania, uma das capitais europeias da bicicleta.


Philippe vê os objetos quotidianos sob um novo olhar, introduzindo a dimensão da arte em coisas tão corriqueiras como este espremedor de laranjas o qual acabou virando obra de arte. No entanto a Pibal chama a atenção pelas suas jantes e pneus amarelos e, pára-lamas. Com desenho simples e funcional, tem duas velocidades, um dínamo, patas tipo U, bagageiro, apoio para os pés quando usada como patinete. É desnecessário dizer que a difusão no uso da bicicleta ajuda a mel…

Casas bioclimáticas ITER (3)

Estou publicando dois vídeos das casas bioclimáticas ITER, “La Tea” da arquiteta Anne Mathilde Petri; logo “Alisios” dos arquitetos Madelaine Fava, Daniel Fauré e Gäelle Breton. A outra é a morada “La Geoda” dos arqs. Eduardo Vadillo Ruiz e Joaquín López. Estas são algumas das 25 casas bioclimáticas ITER, é o Instituto Tecnológico y de Energías Renovables; vejam vocês o plano do Cabildo de Tenerife com a localização de cada uma. 
A pergunta é a seguinte, será possível replicar no Brasil esta fantástica experiência de Tenerife, fazendo uma bela parceria entre universidades, governos estaduais, empresas privadas e incorporadoras imobiliárias ? Não estou falando de “boladas” casas conceito, senão de casas reais com a possibilidade de serem alugadas, como se fosse uma pousada, tal e como estas das Ilhas Canárias.

Só tem uma coisa...estou publicando -conforme o meu gosto- as mais lindonas; claro que gostos não se discutem, mas achei uma verdadeiramente feia. O que vocês acham ? Acredito que …