Pular para o conteúdo principal

BedZed em Londres (2)




O BedZed é um conjunto habitacional com consumo zero de energias...fósseis, como carvão, gás e petróleo. Será?

Com 83 unidades habitacionais e 3.000 m² de superfície, está localizado numa antiga zona industrial abandonada no Sul de Londres. São locais de posse mista para aluguel, venda, e uso compartilhado; além de usos diversos para habitação, trabalho, varejo, instalações de lazer. Para produzir energia temos uma caldeira CHP de cogeração que fornece eletricidade, calor para calefação, e água quente sanitária. O combustível empregado são aparas de madeira que alimentam um gasificador. Nos telhados há 770 m² de painéis fotovoltaicos que produzem 107 kWp; a energia elétrica produzida alimenta 40 carros de uso compartilhado e motos elétricas. Ali também estes coloridos exaustores fornecem ventilação com recuperação de calor.


O BedZED está nos propondo um novo estilo de vida, em comunidade, nesta época de exaltação do individualismo.O novo padrão inclui o uso misto com unidades habitacionais, escritórios, lojas, clube esportivo, campo de futebol, centro de saúde. Há 34 apartamentos vendidos, 15 de aluguel, 23 de uso compartilhado, 10 para o pessoal médico. A informática permite a monitoração global dos prédios, a leitura e o faturamento dos consumos elétricos e água, e até fazer as compras domésticas para o condomínio.Se comparado com um conjunto convencional, o consumo de água quente para calefação é 45% menor. A eletricidade para iluminação, cozinha e eletrodomésticos é 55% menor; entanto o consumo de água é 60 % menor. O uso eficiente da água tem duas estratégias, a redução do consumo com aparatos sanitários de baixo consumo, metais sanitários com redutor de fluxo, máquinas de lavar roupa eficientes. Ainda há um sistema de coleta das águas de chuva, armazenada em reservatórios subterrâneos, logo é usada nas descargas sanitárias e na rega dos espaços verdes. Inclui também um o sistema ecológico de tratamento dos esgotos, as descargas dos sanitários passam primeiro por uma fossa séptica, logo é tratada com vegetação como agente de limpeza, finalmente vai para os reservatórios pluviais. 

Postagens mais visitadas deste blog

Trunfos da Dwelle House

Se a namorada do seu filho quer se mudar com vocês, ou se precisar um quarto extra para praticar ioga, o que faz, se muda de casa ? A solução é instalar no seu terreno uma habitação da Dwelle, empresa britânica fabricante desta casas minimalistas. São casas high tech com possibilidade de customização, vejam na imagem como é possível escolher diversos acabamentos interiores e exteriores; ainda componentes como painéis fotovoltaicos, sistema de coleta de águas de chuva, lareira de alto desempenho. O isolamento térmico é por conta de celulose de jornais 100% reciclados; opcionalmente se pode escolher isolamento térmico com lã de ovelha, mais aberturas com vidro triplo e placas PCM. Estas PCM  com espessura de 1,5 cm, tem a mesma capacidade de armazenar calor que um muro de 12 cm de tijolo,  ou  9 cm de concreto. PCM é o acrônimo de Phase Change Material, material de mudança de fase. 






A Dwelle é uma casa de qualidade que leva 8 semanas para sua fabricação na empresa, nesse tempo podem-se r…

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Cidade Masdar nos Emirados Árabes Unidos

Estou publicando um vídeo sobre a cidade de Masdar, ainda em construção nos Emirados Árabes Unidos, uma cidade sem carros convencionais...pois há outro tipo de automóveis. Nascendo no meio do deserto como uma milionária aposta de 22.000 milhões de dólares dedicados à pesquisa, desenvolvimento e comercialização de fontes de energia e soluções de tecnologias renováveis e limpas. O programa inclui a sede central da companhia Abu Dhabi Future Energy Company, a gerenciadora do empreendimento. Com zonas econômicas diferenciadas para 1.500 empresas; um Centro de Inovação acolhendo uma incubadora de novas tecnologias. 




A cereja do bolo é a universidade Masdar Institute of Science and Technology, filial do mítico MIT, o prestigioso Massachusetts Institute of Technology. A cidade de Masdar vai ser a maior e mais moderna comunidade auto-sustentável do mundo, vai produzir mais energia da que consume, a primeira cidade livre de gás carbônico CO2 e lixo zero.