Pular para o conteúdo principal

Vizela, Cittaslow em Portugal

Fonte: Câmara Municipal de Vizela
Vizela é desde finais de junho de 2011, a primeira cidade do norte de Portugal a ser classificada Cittaslow. 


A atribuição do símbolo do caracol representa as cidades que vivem com tranquilidade e onde apostam em factores como a qualidade do ar e da água, a preservação da história local e de características que a tornam única; como as suas águas termais, a doçaria, a gastronomia, o vinho verde e o artesanato.
A celebração da integração na rede da Cittaslow International Network of Cities Where Living is Easy foi concretizada na cidade de Lidzbark Warminski, na Polónia, aquando da Assembleia Geral das Slow Cities, tendo o Presidente da Câmara Municipal de Vizela, Dinis Costa, recebido o galardão das mãos do Presidente do Comité Internacional Cittaslow, Gian Luca Marconi.



Esta distinção, vem reconhecer a aposta de Vizela num turismo de qualidade, que não passa apenas pelas suas águas termais, detentoras de qualidades terapêuticas únicas no mundo, pela doçaria, gastronomia e pelo seu vinho verde, mas também pela construção de equipamento de lazer e fruição da natureza.
Exemplo disso é a mais recente aposta da Autarquia na criação da Marginal Ribeirinha na margem esquerda do Rio Vizela, oferecendo assim mais um espaço aprazível, de qualidade e bem-estar aos vizelenses e a quem a visita. A construção de espaços destinados à prática de actividades físicas como o Campo Municipal de Minigolfe Fonseca e Castro contribuiu também para a projecção internacional, ancorada na rede Cittaslow.

Ps. Quer saber como nasceu o conceito de Cittaslow ?

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Earthship na Argentina (2)

A Earthship -navio terrestre- é uma casa auto-suficiente, capaz de produzir todo o necessário para a subsistência como eletricidade, água, climatização, e até alimentos. Só tem um detalhe...está construída com pneus, terra, vidro, latinhas, materiais salvados do aterro “sanitário”; face isso o idealizador delas Michael Reynolds  é conhecido como o Guerreiro dos Resíduos, Garbage Warrior. 




O desenho é balizado por seis critérios de desenho conforme a imagem acima: materiais de construção naturais e reciclados; energia elétrica solar e eólica; produção de alimentos; calefação e refrigeração geotérmica e solar; coleta das águas de chuva; tratamento do esgoto. Michael Reynolds vai ministrar seu curso teórico-prático construindo a segunda escola sustentável de América Latina em Mar Chiquita, província de Buenos Aires, acima o link de contato.

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?