Pular para o conteúdo principal

The Bangkok Tree House (1)






Os internautas já sabem que não escrevo descafeinadas monografias técnicas para arquitetos, escrevo para todo público, tentando comunicar o que há detrás das arquiteturas sustentáveis. Face isso vamos conhecer a bela história do Jirayu (Joey) Tulyanond um jovem empreendedor criador de The Bangkok Tree House, um resort ecológico na Tailândia. 
Em 2006 Joey soube que a região de Phra Pradaeng havia ganhado o titulo de do melhor oásis urbano da Ásia, então comprou um terreno a 30 minutos das ruas movimentadas do centro de Bangkok, com o intuito de criar um complexo de hotel e restaurante sustentáveis. O engajamento dele com a sustentabilidade chega até o compromisso retirar um quilo de lixo do rio Chao Phraya, por cada hóspede que fizer uma reserva.
Vocês podem chegar ao hotel só de trem e descer na estação de Skytrain Bangna -não há estradas- logo devem seguir a pé, de barco o bicicleta para se hospedar. Para os que chegam de bicicleta há um desconto especial com direito de usar a oficina de reparação. Mas tem muitas maravilhas como passeios em bicicleta -aluguel gratuito- conhecendo pomares de frutas e vegetação nativa; percorrendo estas ciclovias podem visitar templos de 200 anos de idade, um parque botânico nas proximidades, e o mercado flutuante Bang Nam Peung, na imagem. Acima vemos ao Primeiro Ministro da Tailândia pedalando na inauguração de uma ciclovia.
Quer saber quais são as características sustentáveis de este fantástico The Bangkok Tree House ?

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Esverdeando as nossas cidades

Podemos esverdear as nossas cidades plantando árvores tal e como fez Curitiba, a capital verde da América; ou ainda com telhados e muros vegetais, em ambos os casos estamos repondo o verde destruído com a extensão de avenidas e a construção de edificações. Mas por que é tão importante acrescentar o verde nas cidades? Pois favorece o sombreamento melhorando a qualidade do ar; aliás o verde ajuda na luta contra o fenômeno da “ilha de calor”, onde o concreto aparece como um grande armazenador de calor. Pelo processo de evapotranspiração as plantas usam a energia calórica para evaporar a água, com isso são capazes de esfriar os prédios no verão, num processo similar ao que acontece no corpo humano. De quebra estamos lutando contra o alagamento das ruas, onde a rede pública de esgoto não consegue dar conta das chuvaradas intensas; estamos assim retrasando a chegada das águas pluviais ao coletor municipal. Mas do que falamos quando pensamos num telhado verde ou vegetal? Um telhado verde é a…

Charges do Consumismo (2)

Além do consumismo próprio feminino e masculino -até os homens hão caído nessa- temos o consumismo das crianças e adolescentes...pago com o dinheiro dos pais. O pai da imagem diz “I paid”, eu paguei !  Os vilões desta história são os cartões de crédito que facilitam consumir primeiro e pagar depois...
A imagem mostra o estilo de vida adolescente:  “Jovens de entre 8 e 18 anos de idade nos EUA, gastam um quarto do seu tempo de mídia usando diversos meios de comunicação.  O  24% dos jovens de 12 até 18 anos na maioria das vezes usam outra mídia enquanto assistem TV”.  Isto último também o fazem os adultos !  Mas a boa notícia é que as mídias podem ser usadas também para semear a cultura do desapego, do Consumo Colaborativo. Depende de nós...é só atitude. 
Ps. não sou um dinossauro...rss  Uso o correio eletrônico, o celular e o desenho por computador; principalmente como maravilhosas ferramentas de otimização do trabalho...e também de comunicação.