Pular para o conteúdo principal

Arquiteturas para o Brasil (2)






Vamos ver outros três exemplos de arquiteturas apropriadas para o Brasil, por coincidência todos construídos no Vietnã.  Nos diversos climas tropicais é fundamental levar a sério o sol nas nossas edificações, sabem por quê ? Pois por que um desenho ruim com certeza vai trazer maiores gastos com ar-condicionado. 
Este fantástico sobrado projeto do escritório Tropical Space, está localizado em Da Nang, cidade do Vietnã num local de clima tropical e ventos monzones. O conforto dos moradores é garantido ainda durante as extremas mudanças climáticas da região.  O carro chefe da casa é sua fachada ventilada e vazada, permite que a casa respire e seja bem iluminada. São as fachadas Norte e Sul de tijolos, colocados separados deixando ocos entre eles para a ventilação e produzindo uma bela textura.   Logo vem uma câmara de ar de 45 centímetros de espessura, com altura igual à da casa. Por atrás dela temos a segunda fachada com esquadrias de vidro. O funcionamento desde o ponto de vista do conforto higrotérmico deve ser ótimo, a ventilação natural funciona a contento desde o momento que não vemos aparelhos de ar-condicionado.   
Esta casa é um poema, uma pérola rara com uma planta simples e racional, parece uma planta baixa de engenheiro...rss Impossível não pensar como ninguém antes desenhou uma planta assim ! Organizada em torno a um espaço comum com duas escadas; no térreo temos o living e sala de jantar, a cozinha com depósito mais despensa e um espaço de trabalho.  Sobre o espaço comum temos um vazio; outro dormitório em suíte, uma biblioteca, um lavabo, um depósito e um espaço para o recolhimento espiritual.  Com economia de recursos e sensibilidade de artista, a expertise dos arquitetos conseguiu uma verdadeira obra de arte empregando belos tijolos e concreto aparente, um telhado verde e um espaço para o relax.
Feliz ano novo !

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Cidade Masdar nos Emirados Árabes Unidos

Estou publicando um vídeo sobre a cidade de Masdar, ainda em construção nos Emirados Árabes Unidos, uma cidade sem carros convencionais...pois há outro tipo de automóveis. Nascendo no meio do deserto como uma milionária aposta de 22.000 milhões de dólares dedicados à pesquisa, desenvolvimento e comercialização de fontes de energia e soluções de tecnologias renováveis e limpas. O programa inclui a sede central da companhia Abu Dhabi Future Energy Company, a gerenciadora do empreendimento. Com zonas econômicas diferenciadas para 1.500 empresas; um Centro de Inovação acolhendo uma incubadora de novas tecnologias. 




A cereja do bolo é a universidade Masdar Institute of Science and Technology, filial do mítico MIT, o prestigioso Massachusetts Institute of Technology. A cidade de Masdar vai ser a maior e mais moderna comunidade auto-sustentável do mundo, vai produzir mais energia da que consume, a primeira cidade livre de gás carbônico CO2 e lixo zero.

Charges do Consumismo (2)

Além do consumismo próprio feminino e masculino -até os homens hão caído nessa- temos o consumismo das crianças e adolescentes...pago com o dinheiro dos pais. O pai da imagem diz “I paid”, eu paguei !  Os vilões desta história são os cartões de crédito que facilitam consumir primeiro e pagar depois...
A imagem mostra o estilo de vida adolescente:  “Jovens de entre 8 e 18 anos de idade nos EUA, gastam um quarto do seu tempo de mídia usando diversos meios de comunicação.  O  24% dos jovens de 12 até 18 anos na maioria das vezes usam outra mídia enquanto assistem TV”.  Isto último também o fazem os adultos !  Mas a boa notícia é que as mídias podem ser usadas também para semear a cultura do desapego, do Consumo Colaborativo. Depende de nós...é só atitude. 
Ps. não sou um dinossauro...rss  Uso o correio eletrônico, o celular e o desenho por computador; principalmente como maravilhosas ferramentas de otimização do trabalho...e também de comunicação.