Pular para o conteúdo principal

TIROL, bloco de apartamentos (2)




O desenho destes blocos responde a dois parâmetros, as suas características construtivas e o sistema de instalações técnicas. As disposições construtivas compreendem a forma compacta dos diversos blocos, com isso minimizamos as perdas de calor. Também, o perfeito isolamento térmico da envoltória exterior assegura uma temperatura interior constante de 15ºC, graças ao calor dos seus ocupantes, equipamentos e iluminação. Então é só subir 04 graus a temperatura interior para atingir o conforto de 19ºC no inverno.
Entanto o conceito de instalações técnicas eficientes já foi antes testado em outros condomínios menores. A calefação é por conta dum compacto sistema de ventilação individual com micro-bomba de calor. Estas quase 300 moradias necessitam um grande volume de ar limpo. Todos os apartamentos têm no banheiro um trocador de calor e uma bomba. No trocador, o calor do ar de exaustão (cozinha, lavabo e banheiro) serve par esquentar o ar frio vindo do exterior; mas estes dois tipos de ar não se misturam. Esse ar morno é o ar de impulsão; já o ar sujo é expulso ao exterior.
Sobre a laje de cada bloco temos um sistema de 140-190 m² de painéis solares, neles vai se esquentar uma mistura de glicogênio e água, esse fluido é conduzido por bomba aos armazenadores subterrâneos. Estes reservatórios estão localizados nos cantos da garagem subterrânea, onde não é possível colocar vaga de estacionamento. Possuem trocadores de calor, neles aquela mistura vinda dos painéis esquenta a água sanitária para o uso do condomínio, logo a mistura fria retorna aos coletores.

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.