Pular para o conteúdo principal

Pontevedra, prêmio ONU-Habitat (2)




Mas o que tem de fascinante o exemplo de Pontevedra ? Pois que é um modelo de cidade baseado “nas pessoas” ao invés dum projeto baseado no carro. O comum é tirar árvores nas cidades para alargar avenidas; ainda temos o caso de Brasília projetada com suas superquadras para o automóvel.
Entanto o modelo de cidade de Pontevedra foi selecionado de entre 406 projetos apresentados de 95 países do mundo todo, para a décima edição do Prêmio Internacional de Dubai, entregue pela prefeitura dessa cidade e pela ONU-Habitat. Foi um dos seis escolhidos e ainda o único projeto executado em solo europeu. O Prêmio reconhece o trabalho de Pontevedra nos quesitos inovação, inclusão social e qualidade urbana; salientando que se trata dum modelo transferível, o que significa executável em outras prefeituras. É bom lembrar como o modelo de transporte público com carris exclusivos para ônibus criado em Curitiba, foi replicado em muitas cidades e ainda é conhecido como “modelo Curitiba”. 
Este fantástico modelo de cidade que levou 14 anos de elaboração, significa o reconhecimento de Pontevedra como cidade modelo de Europa, ela se sai na frente do urbanismo de ponta. Roma, Bruxelas, Madri, París e Londres já têm um espelho onde se olhar. O modelo está baseado em 5 vetores como ganhar espaço público, coesão social, dinamismo econômico, respeito ao meio ambiente, acessibilidade.  Vamos ver nos próximos encontros.

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.