Pular para o conteúdo principal

CANADÁ, verde Dockside Green (fim)




A eficiência energética é o primeiro objetivo a ser cumprido para atingir a certificação LEED; a cada um dos 26 prédios do Dockside Green é 50 % mais energeticamente eficiente que o exigido pelo Canadian Model National Energy Code. As cocinhas estão equipadas com eletrodomésticos eficientes; as unidades habitacionais dispõem de iluminação artificial eficiente e sensores de ocupação. Têm equipamentos de ventilação com recuperador de calor, os quais aproveitam o calor do ar expulso para esquentar o ar fresco de entrada. As residências têm monitores que medem a pegada ecológica de cada uma. As torres residenciais de 5 e 8 andares estão construídas em concreto armado; entanto as moradias de baixa altura estão construídas com estrutura de madeira. Outras melhoras que ajudam na eficiência energética são o emprego de ótimo isolamento térmico, esquadrias de alto desempenho e dispositivos de sombreamento.
O condomínio está conectado à distribuidora local de energia, mas dispõe duma usina de cogeração a biomassa que emprega resíduos de madeira, a vemos na imagem 3.  O gaseificador converte os resíduos em gás limpo syngas, o gás é queimado no oxidador e logo enviado ao boiler; entanto uma linha distribuidora subterrânea leva água quente aos prédios para consumo e calefação . 
Se bem o homem é descuidado com o meio ambiente, este Dockside Green é um caso de remediação urbana num terreno subutilizado de 6 hectares, parte do qual foi um aterro sanitário contaminado por metais pesados e resíduos petroquímicos duma fabrica de tintas. A prefeitura de Victoria comprou os terrenos por um milhão de dólares e assim começou o “final feliz”. O empreendimento mostra que é possível atingir a certificação LEED a escala de vizinhança, que a construção verde pode ser moderna e rentável; e ainda atrair um amplo leque de jovens profissionais e famílias.
Ps. estava lembrando como as instalações dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 também foram construídas em terrenos industriais, mas logo de que foram descontaminados milhões de m³ de terra. 

Postagens mais visitadas deste blog

Paris, reciclando uma estação de trem

Atenção aos que tem planos de viajar a Paris, que tal visitar La REcyclerie? Um inusitado lugar onde é possível comer ou tomar uma bebida no café-cantina, visitar e cuidar da granja urbana, e dar uma vasculhada na oficina de consertos; de fato o local atua como uma verdadeira praça de convívio, algo muito bom para lutar contra a violência urbana atual. Mas como assim? La REcyclerie é um lugar ma-ra-vi-lho-so funcionando nas instalações duma antiga estação de trem desativada em Paris; abriga duas empresas, uma de catering para administrar o bar-cantina e  uma associação de animação para gerenciar as atividades pedagógicas e culturais (Les Amis Recycleurs). Estas duas entidades permitem que os empregados sejam contratados, através de um acordo coletivo que corresponda às suas respectivas necessidades. A associação Os Amigos Recicladores é responsável pela animação e programação da oficina e da granja urbana. O objetivo do projeto é promover o “uso” ao invés da “propriedade” das coisas, …

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Charges do Consumismo (2)

Além do consumismo próprio feminino e masculino -até os homens hão caído nessa- temos o consumismo das crianças e adolescentes...pago com o dinheiro dos pais. O pai da imagem diz “I paid”, eu paguei !  Os vilões desta história são os cartões de crédito que facilitam consumir primeiro e pagar depois...
A imagem mostra o estilo de vida adolescente:  “Jovens de entre 8 e 18 anos de idade nos EUA, gastam um quarto do seu tempo de mídia usando diversos meios de comunicação.  O  24% dos jovens de 12 até 18 anos na maioria das vezes usam outra mídia enquanto assistem TV”.  Isto último também o fazem os adultos !  Mas a boa notícia é que as mídias podem ser usadas também para semear a cultura do desapego, do Consumo Colaborativo. Depende de nós...é só atitude. 
Ps. não sou um dinossauro...rss  Uso o correio eletrônico, o celular e o desenho por computador; principalmente como maravilhosas ferramentas de otimização do trabalho...e também de comunicação.