Pular para o conteúdo principal

Recolhimento na Igreja de Kärsämäki (1)




Esta pequena jóia da igreja de Kärsämäki tem sua coerência, pois conforme seu exterior simples de telhas de madeira, o interior também possui um estilo despojado, neste caso da madeira aparente, com a calidez dos seus veios.Tem uma estética sem enfeites, os que gostam de palavras modernas chamariam de minimalista ou até de estiolo clean. Nesta modernidade de coisas efêmeras e até fúteis, são criadas “novas” palavras para coisas ”antigas”. Por exemplo o pessoal fala em “stand-up”, mas isso existe desde o século passado...rss quando se chamava de “monólogo”. É quando um artista sobe ao palco e sozinho faz uma performance, pode ser dramática ou com ironia, ou até com humor. Na imagem o monólogo "O livro" -acho que agora em cartaz- escrito pelo pernambucano Newton Moreno, representado pelo ator global Eduardo Moscovis. 
Claro que atrás deste sistema de coisas efêmeras, estão os interesses duma indústria focada em que os produtos durem pouco tempo, para obrigar você ao consumismo desenfreado. Realmente não é mole ser sustentável nesta sociedade do consumo; assim são criados o dia da mãe, o dia do pai, o dia das crianças, o dia do amigo...quanta bobagem !  Mas existem outras pessoas, com certeza mais contentes de viver, cuja felicidade não passa por comprar coisas no shopping...até os homens hão entrado nessa ! Gente com valores espirituais ou religiosos em procura do crescimento do espírito.
Onde fica esta igreja de Kärsämäki ? Tem curiosidade de conhecer o seu interior ? 

Ps. o texto desse monólogo, apresenta um homem que recebe de presente um livro de seu pai com um recado: ao final da leitura, ele ficará cego. Em 45 minutos, o personagem tenta lidar com a perda, revendo suas lembranças do pai e sua relação com as palavras.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.