Pular para o conteúdo principal

Vida Rural no Rancho Avis 2



Sabiam vocês que é possível jogar basquete neste Rancho Avis ? Este maravilhoso projeto -destes arquitetos inteligentes- demonstra como é possível reabilitar os prédios rurais existentes e ainda adaptá-los para virar ranchos modernos totalmente operativos, confortáveis e eficientes. Atenção para os arquitetos e investidores pois existe um atrativo nicho de mercado nestas reabilitações urbanas ou rurais como neste caso. Sempre usando custo-benefício, há estudos econômicos mostrando como é mais barato reciclar que demolir e construir de zero. O projeto começou com a pergunta onde localizar a residência ? o que faria um granjeiro ? Os arquitetos tomaram um ano em consultas com os vizinhos, fazer estudos do terreno e meio ambientais; identificando seis possíveis lugares neste lote de 7.000 hectares. Neste terreno havia diversas construções em ruínas e abandonadas, mas os arquitetos em vez de procurar arrasar com um novo desenho pessoal, procuraram uma operação de resgate das construções existentes com um projeto respeitoso do meio ambiente.  Mas não é um resgate de museu, é uma coisa viva pois a granja funciona a contento ! Este enfoque reduz o impacto sobre o terreno e também a quantidade de recursos materiais da construção. De quebra preservou o caráter rural do rancho que potencia a vida tradicional de Montana. Olha que lindo, os vizinhos hão expressado seu agradecimento aos clientes e arquitetos por preservar estas edificações, trata-se de prédios emblemáticos muito apreciados na região. Na imagem 1 temos o lar familiar. Na imagem 2 (quem bateu esta foto em sombra ?) à esquerda a sala de refeições, logo no centro num antigo celeiro os quartos dos convidados e a quadra de basquete.
Mas vocês querem saber algo mais das construções do rancho, não é ? Eu aguardo vocês no próximo encontro...

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.