Pular para o conteúdo principal

Casa Caracol na Finlândia 2



Sabem qual é o segredo dos amplos vidrados da casa ? Pois ela tem aberturas de triplo vidrado com duas câmaras recheias de gás argônio ! Mas no quesito conforto térmico esta casa tem outros achados como um sistema recuperador de calor que ajuda a esquentar no inverno e a refrigerar no verão. E para impedir as trocas de calor entre o interior e o exterior foi colocado um super-isolamento térmico de lã de rocha de 50 cm de espessura no telhado e outros 20 cm nos muros.  Acontece que as perdas de calor são maiores pelo telhado. Entanto o acabamento exterior é feito com telhas de lariço duma floresta sustentável da Sibéria, as quais não vão receber qualquer tratamento, elas vão se tingir duma cor cinza prateado. Já o revestimento interior é similar, neste caso com telhas de álamo que cobrem o teto e as paredes; esta é uma madeira nativa e certificada claro; usada na fabricação de aberturas para edificações. Trata-se duma madeira de baixo custo que dispensa tratamento e com manutenção facilitada. Ótimo ! Na esquerda da imagem podemos ver a coluna central de concreto, a escada em forma de caracol feita com borracha reciclada e uma lareira; devido à forma rara desta casa muitos dos móveis foram feitos sob encomenda. Adivinham o que há nesta edícula em forma de cubo ao lado da casa ? Pois uma sauna esquentada com lenha, presença obrigada nas casas finlandesas. 
Convite aos meus internautas: o que são as edificações Energia Zero ?
Amanhã vamos entrar no fascinante mundo delas, trata-se de construções auto-suficientes desde o ponto de vista energético. Neste exemplo, o primeiro duma série são aplicados com rigor os princípios do bom desenho tropical. Com certeza os amantes das arquiteturas ousadas e da high tech vão se surpreender com estas formas insólitas que aliás são eficientes ! 



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.