Pular para o conteúdo principal

Torre Solar em Chicago



O objetivo desta torre na cidade de Chicago é capturar a maior quantidade possível de energia solar para gerar eletricidade, como se fosse um gigante coletor fotovoltaico. Esta belo prédio é uma torre conceito, um projeto do 2007 de pesquisa que poderia abrigar atividades e espaços diversos sem modificar sua capacidade solar. Concordo 101 % com os dizeres da arquiteta croata Zoka Zola desenhista da torre; isto deveria ser lido no primeiro dia de aula nos cursos das faculdades de arquitetura: “A maioria das torres desenhadas atualmente são esquisitas proposições formais. As torres estão de moda pero a maioria delas não está comprometida com os problemas de hoje e do futuro. Do jeito que essa corrente de desenho está desatualizada. Os arquitetos deveriam assumir as grandes responsabilidade da nossa época e desenvolver estratégias sustentáveis para as torres, usando todas as energias físicas e sociais dos seus locais, especialmente porque as torres são capazes de apoiar o meio ambiente melhor que outros tipos de edificações.” 
Lembram aquela cena do excelente filme “A Sociedade dos Poetas Mortos” com Robin Willians, quando no seu papel de professor arrancava folhas dos livros para tirar as bobagens deles ? Quem sabe se na arquitetura é necessário fazer a mesma coisa...
Os painéis fotovoltaicos da torre vão montados em perfis horizontais, o que permite modificar a sua inclinação conforme a hora do percurso solar; e acrescentar assim sua capacidade em 30 até 40%. Isto também é útil para fornecer sombra ao interior do prédio. Adicionalmente poderia se aproveitar o vento para gerar eletricidade; Chicago é conhecida como a cidade dos ventos. Este link é duma empresa que fabrica dispositivos para acompanhar o percurso do sol.   
www.coltgroup.com


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.