Pular para o conteúdo principal

Pousada Ilha Splendor na Ilhabela-SP



Que tal fazer um relax na exuberância da Mata Atlântica ouvindo o barulhinho do rio? Maravilhoso ! Num vale da montanha a 2 Km  da faixa litorânea encontrei esta Pousada Ilha Splendor na Ilhabela-SP, um empreendimento de 6.300 m² junto ao rio da Toca. São apenas 7 suítes harmoniosamente integradas ao restante da estrutura física da pousada, composta por deck-bar e decks para descanso, gazebo e redes, sauna seca, sala de estar, salão de café da manhã, salão de jogos, restaurante, estacionamento interno. E ainda room service; internet sem fio no lobby; seleção de Livros, CDs e DVDs. Trata-se dum lugar tranqüilo demais, não aceitam menores de doze anos, nem animais de estimação; por sinal é um lugar perfeito para casais. Mas esta bela pousada também tem suas características sustentáveis, pois seu projeto arquitetônico prioriza o uso racional de energia e privilegia a iluminação natural. Enquanto a iluminação artificial emprega lâmpadas de baixo consumo. As suítes foram projetadas para serem arejadas naturalmente, com pé direito alto e manta no forro para proteção térmica, que dispensam o uso de ar condicionado. Conta com piscina natural, abastecida com água do Rio da Toca que corta o terreno da pousada, evitando desta maneira o uso de produtos químicos. Sua construção preservou a mata ao redor e manteve animais em seu habitat natural. Enquanto ao lixo, podemos dizer que o lixo produzido é separado para reciclagem; e que as sobras dos cortes de grama e podas são utilizadas para fazer composto orgânico, o chamado de compostagem. E no quesito da Responsabilidade Social Empresarial temos a dizer que os funcionários da pousada são todos residentes em Ilhabela, o que movimenta a economia local.

Ps: na próxima vamos conhecer uma espetacular casa em Virginia nos Estados Unidos.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Prédio eficiente em Lisboa

Em Lisboa, em 2006, foi construído o Solar Building XXI, este fantástico edifício pode ser considerado atualmente um prédio nZEB. Quer saber o que significa o acrônimo ? Pois nZEB  significa Nearly Zero Energy Buildings, refere aos edifícios com necessidades quase nulas de energia. O edifício foi construído no campus do LNEG, Laboratório Nacional de Energia e Geologia, com projeto dos arquitetos Pedro Cabrito e Isabel Diniz. Trata-se de um prédio energeticamente muito eficiente, com um desempenho energético 1/10 se comparado com um edifício padrão de escritórios; apela a uma combinação de técnicas de design passivo (como a correta orientação conforme o sol...) com tecnologias de energias renováveis, tais como painéis fotovoltaicos e coletores térmicos solares. No inverno para o aquecimento, a fachada principal tem um sistema fotovoltaico com recuperador de calor. No entanto no verão, o arrefecimento utiliza água fria fornecida por um sistema de tubos enterrados, bem como refrigeração …

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?