Pular para o conteúdo principal

Conhecendo Vizela, Cittaslow em Portugal 1



Fonte: 
http://www.cittaslow.org/network/location/314

O Conselho de Vizela possui uma área de 24 Km² e 24.676 habitantes (censos 20011, provisório). É composta por sete freguesias (S. João, S. Miguel, St.ª Eulália, St.º Adrião, Infias, Tagilde e S. Paio), que têm como sede a cidade de Vizela.
No conselho predomina a indústria têxtil, vestuário e calçado e possui um desenvolvido comércio. As empresas existentes estão, essencialmente, ligadas ao ramo têxtil, vestuário e calçado, cuja produção está direcionada, quase exclusivamente, para o mercado externo. O acesso ao conselho de Vizela é feito, predominantemente, por noroeste, estando ligado às principais cidades do País. No que diz respeito ao Turismo, são inúmeros os recursos existentes, quer culturais, quer naturais. Todavia, Vizela está intimamente associada à prática do termalismo, tendo sido este um legado deixado pelos povos romanos. Aproveitando a qualidade terapêutica das águas, indicadas para doenças respiratórias, doenças de pele e reumatismos, o atual balneário termal foi construído em 1870. Mas para além das Termas, são inúmeras as atrações que Vizela possui, desde paisagens naturais, como a obtida através do Santuário de S. Bento das Pêras, passando pelo patrimônio histórico construído, como a Ponte Romana (na imagem).

Comentário: sempre admirei estes engenheiros romanos, cujas construções são tão funcionais com o as termas, e outras ainda estão em pé como o aqueduto de Segovia e esta ponte em Vizela. Esta cidade faz parte junto com as de São Brás de Alportel, Tavira, Silves, Lagos, Viana do Castelo, da Associação Cittaslow Portugal. O alvo desta associação é promover o estilo de vida Cittaslow dinamizando também o turismo; pois ele cria emprego e oportunidades de negócio.  É necessário então potenciar os recursos naturais, patrimoniais, históricos e gastronômicos; face a isso as cidades estão trabalhado em parceria para captar investidores e visitantes. E no Brasil, temos alguma Cittaslow ?

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.