Pular para o conteúdo principal

Carro elétrico brasileiro 2


O carro SEED possui carroceria fabricada em Fiberglass (fibra de vidro) de alta resiliência; chassis tubular em aço 1020; motor CA trifásico de indução com potência de 50 HP e 8 baterias tracionarias de 12v.

Mas qual vai ser o preço do carro SEED para o consumidor ?
O modelo SEED City Car Básico, está previsto para ser comercializado entre R$ 40.000 e R$ 50.000; mas a empresa fabricante Vez do Brasil está trabalhando forte junto aos governos Federal, Estaduais e Municipais, para a redução de impostos no produto final, bem como em toda sua cadeia produtiva, e também para medidas de incentivos à produção e desenvolvimento continuado dessa tecnologia no Brasil, dada a sua relevância estratégica e o meio-ambiente.  Ser sustentável tem seu preço, mas não é tão caro se comparado com o custo de seguir contaminando o planeta, de seguir consumindo muito mais rápido que a rege ração dos recursos da terra. Os britânicos já disseram nos Jugos Olímpicos de Londres 2012, que se todo o mundo consumisse como eles seriam necessários os recursos de 03 planetas terra. O custo de rodagem do SEED é de R$ 0,06 centavos por quilômetro rodado. E ainda importante é a extrema redução da manutenção e assistência técnica, pois esta maravilha tem muitas menos peças a se desgastar, de 300 a 400 partes móveis de um carro convencional para 3 em um carro elétrico, acontece que a mecânica do veículo elétrico também é mais simples. Enquanto a garantia os veículos SEED, eles vão sair de fábrica com dois anos de garantia integral contra qualquer problema oriundo de sua fabricação, excluindo-se os itens normais de desgaste como pneus, pastilha de freios, etc.

Outro assunto interessante é a oportunidade de investimento na empresa Vez do Brasil, para o público consumidor.  Agora estão a disposição 25% de participação acionária na que será empresa holding Vez do Brasil S.A.– Ind. e Com. de Veículos Elétricos, a primeira montadora automotiva com tecnologia e engenharia 100% Brasileira !
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Charges do Consumismo (2)

Além do consumismo próprio feminino e masculino -até os homens hão caído nessa- temos o consumismo das crianças e adolescentes...pago com o dinheiro dos pais. O pai da imagem diz “I paid”, eu paguei !  Os vilões desta história são os cartões de crédito que facilitam consumir primeiro e pagar depois...
A imagem mostra o estilo de vida adolescente:  “Jovens de entre 8 e 18 anos de idade nos EUA, gastam um quarto do seu tempo de mídia usando diversos meios de comunicação.  O  24% dos jovens de 12 até 18 anos na maioria das vezes usam outra mídia enquanto assistem TV”.  Isto último também o fazem os adultos !  Mas a boa notícia é que as mídias podem ser usadas também para semear a cultura do desapego, do Consumo Colaborativo. Depende de nós...é só atitude. 
Ps. não sou um dinossauro...rss  Uso o correio eletrônico, o celular e o desenho por computador; principalmente como maravilhosas ferramentas de otimização do trabalho...e também de comunicação.