Pular para o conteúdo principal

Songdo, cidade inteligente da Coréia do Sul



Vamos conhecer uma cidade ainda em construção, a cidade de Songdo. Este Songdo IBD International Business District está sendo desenvolvido num terreno de 608 hectares recuperados na Coréia do Sul, ao longo da orla do Mar Amarelo, a 40 quilômetros de Seul e a 7 km do Aeroporto Internacional de Incheon. A cidade compreende prédios de escritórios e residenciais, lojas, hotéis, e instalações cívicas e culturais. Quando terminada vai ter 65.000 habitantes mais outros 300.000 de população flutuante. Trata-se de uma cidade inteligente e sustentável, mas como assim ?

Vai ter sensores que monitoram a temperatura, o consumo de energia e água, o fluxo de tráfego pela cidade, câmaras para a segurança da população; este sistema vão alertar à Prefeitura quando surgir problemas, e claro providenciar as soluções. Vai funcionar como o Centro de Operações no Rio de Janeiro, gente ! Enquanto à sustentabilidade vai ter estações para recarregar os carros elétricos e sistemas de reciclagem de água, que possibilitam usar a água potável só para o consumo humano. A coleta de lixo é futurista mesmo, os resíduos são sugados direto da cozinha por uma rede subterrânea ligada ao centro de processamento automatizado, onde os resíduos são classificados e tratados. O alvo é usar parte desse lixo doméstico para produzir energia renovável. Songdo foi planejada em torno de um parque central de 40 hectares, por isso os moradores das áreas residenciais podem caminhar por essa área verde para trabalhar no centro comercial.

Mas quem monitora a burrice do homem, que age na terra como se ela fosse a “galinha dos ovos de ouro” ? A tecnologia está para ser usada pelo homem, mas acho que a sabedoria -que é bem mais que a inteligência- vai chegar o dia que o homem compreenda que não pode seguir depredando os recursos da terra, por sinal depredar significa que os consome mais depressa que a geração deles, se bem que há outros recursos que não são renováveis, quando acabar acabou, entre outros o carvão, gás e petróleo.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Paris, reciclando uma estação de trem

Atenção aos que tem planos de viajar a Paris, que tal visitar La REcyclerie? Um inusitado lugar onde é possível comer ou tomar uma bebida no café-cantina, visitar e cuidar da granja urbana, e dar uma vasculhada na oficina de consertos; de fato o local atua como uma verdadeira praça de convívio, algo muito bom para lutar contra a violência urbana atual. Mas como assim? La REcyclerie é um lugar ma-ra-vi-lho-so funcionando nas instalações duma antiga estação de trem desativada em Paris; abriga duas empresas, uma de catering para administrar o bar-cantina e  uma associação de animação para gerenciar as atividades pedagógicas e culturais (Les Amis Recycleurs). Estas duas entidades permitem que os empregados sejam contratados, através de um acordo coletivo que corresponda às suas respectivas necessidades. A associação Os Amigos Recicladores é responsável pela animação e programação da oficina e da granja urbana. O objetivo do projeto é promover o “uso” ao invés da “propriedade” das coisas, …

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

Charges do Consumismo (2)

Além do consumismo próprio feminino e masculino -até os homens hão caído nessa- temos o consumismo das crianças e adolescentes...pago com o dinheiro dos pais. O pai da imagem diz “I paid”, eu paguei !  Os vilões desta história são os cartões de crédito que facilitam consumir primeiro e pagar depois...
A imagem mostra o estilo de vida adolescente:  “Jovens de entre 8 e 18 anos de idade nos EUA, gastam um quarto do seu tempo de mídia usando diversos meios de comunicação.  O  24% dos jovens de 12 até 18 anos na maioria das vezes usam outra mídia enquanto assistem TV”.  Isto último também o fazem os adultos !  Mas a boa notícia é que as mídias podem ser usadas também para semear a cultura do desapego, do Consumo Colaborativo. Depende de nós...é só atitude. 
Ps. não sou um dinossauro...rss  Uso o correio eletrônico, o celular e o desenho por computador; principalmente como maravilhosas ferramentas de otimização do trabalho...e também de comunicação.