Pular para o conteúdo principal

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa 1



Esta série de posts contém informações do “Índice de Cidades Verdes da América Latina”; é uma avaliação comparativa do impacto ecológico das principais cidades da América Latina, um projeto de investigação realizado pela Economist Intelligence Unit, com patrocínio da empresa Siemens. As cidades são avaliadas em 8 itens: Energia e CO²; Uso da terra e prédios; Transporte; Lixo; Água; Saneamento; Qualidade do ar; Governança ambiental. Então vamos lá !

Rio de Janeiro é a segunda área metropolitana mais populosa do Brasil, com 12,3 milhões de habitantes, sua área urbana tem 6,4 milhões. Suas atividades econômicas principais são o turismo e os serviços; a cidade recebeu um fluxo de investimentos pelos eventos Copa do Mundo 2014 e Jogos Olímpicos 2016. Devido a isso a cidade está melhorando sua infra-estrutura para receber melhor aos visitantes. Rio é colocado acima da média na geral do Índice; a cidade tem estritas normas ambientais regulatórias das construções novas; e ainda possui edificações certificadas com LEED e AQUA.  Nas imagens vemos acima (centro da imagem) o desenho clean do Ventura Corporate Towers, com certificação LEED.  Embaixo a sede da Aliança Francesa; ambas com certificação AQUA. Mas também Rio está colocado acima da média no quesito “Energia e CO²”, pela sua forte política de energias limpas; o 88% da sua energia é de fonte hidrelétrica. No 1988 foi a primeira cidade de Latino América em publicar um inventário das suas emissões. No 2009 foi lançado seu programa sobre mudança climática “Rio Sustentável”, o qual inclui a mitigação das emissões de CO² do transporte e dos resíduos, iluminação LED em edificações municipais e iluminação pública.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Poço Canadense (1)

Sabiam que é possível usar o calor da terra para climatizar a casa ? Com vídeo.

Basicamente o que fazemos é introduzir ar exterior, que está a maior ou menor temperatura que a terra, mediante tubos enterrados; este ar modifica sua temperatura antes de entrar à casa. Estes tubos de fato são um trocador de calor; é um fantástico sistema de climatização natural que aproveita a temperatura do solo entre 12 a 14ºC, para temperar o ar entrante. É uma tubulação de 20 cm de diâmetro, enterrada entre 1,5 a 3 metros de profundidade; o comprimento vai de 10 até 100 metros. No verão podemos ter 36ºC no exterior e ao contato coma terra é possível injetar ar fresco a 21ºC. No entanto no inverno com 6ºC de temperatura exterior podemos ter 21ºC dentro da nossa casa. No acesso do duto de ar exterior, temos que colocar um exaustor para provocar a entrada de ar; bem como de outro exaustor no telhado para expulsar o ar contaminado do interior. O maravilhoso é que os custos de manutenção do sistema são mui…

LAREIRA ACONCHEGANTE 2

Pois é, esta bela lareira pode deixar fugir até o 70% do seu calor pela chaminé, mas agora vem o pior...este calor que sobe arrasta o calor dos cômodos e contribui a esfriar a casa ! Por sinal eu trabalhei diversos anos com calefação.


Mas, será que a lareira a lenha não é um bom sistema de calefação? Ou que talvez existam no mercado outras lareiras...de alta performance?

Hotel minimalista de montanha (1)

Quer saber onde fica este hotel de aparência austera ? Para os que gostam das etiquetas vamos dizer arquitetura minimalista, mas em correto português significa arquitetura austera, despojada, sem ornamentos, “sem frescuras”. No próximo encontro vamos ver.