Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

As belezas de Antônio Prado, na Serra Gaúcha

As belezas naturais da Serra Gaúcha ultrapassam as fronteiras do Estado de Rio Grande do Sul, e atraem milhares de turistas de todo Brasil a cada ano. As cidades da serra, de colonização alemã e italiana, destacam pela sua infraestrutura hoteleira, seus tradicionais cafés coloniais, seus vinhos e delícias, e seu artesanato. Nesta região de vales e montanhas, florestas nativas e hortênsias, está localizada Antônio Prado, a cidade de 13.000 habitantes onde se vive conforme à filosofia de uma Cittaslow ou "cidade do bem viver". Cittaslow significa cidade lenta, é uma forma de vida que compartilha conceitos com o "Slow Food" (comida lenta); o qual tenta recuperar o prazer de comer bem, em franca oposição ao "Fast Food". A cidade assinou a carta de intenções com a Cittaslow Organization para ter direito de usar a logomarca do caramujo, mas isso depois de uma rigorosa fiscalização de inspetores italianos; pois existem regras e diversas exigências a serem cumpri…

Associação Cittaslow Portugal

Fonte:  http://www.radiovizela.pt/noticias/local/14267-Vizela-integra-Associao-Cittaslow-Portugal.html

Os cinco conselhos portugueses que ostentam o título do caracol juntaram-se e criaram a Associação Cittaslow Portugal. Vizela, S. Brás de Alportel, Tavira, Silves e Lagos, são os conselhos que integram esta Associação, sendo que a próxima a surgir na lista será Viana do Castelo que espera a aprovação da sua candidatura à rede mundial das Cittaslow. Combater assimetrias, potenciar recursos naturais, patrimoniais, históricos e gastronômicos são as bases de trabalho desta rede criada para dinamizar o turismo. A Associação foi criada na passada semana e, a partir deste momento, estão a trabalhar em conjunto para captar investidores e visitantes. A presidência desta Associação está nas mãos de António Eusébio, presidente da Câmara Municipal de S. Brás de Alportel, e ao Município de Vizela foi entregue a responsabilidade da comunicação: “Somos o elo de ligação entre os conselhos que integr…

Songdo, cidade inteligente da Coréia do Sul

Vamos conhecer uma cidade ainda em construção, a cidade de Songdo. Este Songdo IBD International Business District está sendo desenvolvido num terreno de 608 hectares recuperados na Coréia do Sul, ao longo da orla do Mar Amarelo, a 40 quilômetros de Seul e a 7 km do Aeroporto Internacional de Incheon. A cidade compreende prédios de escritórios e residenciais, lojas, hotéis, e instalações cívicas e culturais. Quando terminada vai ter 65.000 habitantes mais outros 300.000 de população flutuante. Trata-se de uma cidade inteligente e sustentável, mas como assim ?

Vai ter sensores que monitoram a temperatura, o consumo de energia e água, o fluxo de tráfego pela cidade, câmaras para a segurança da população; este sistema vão alertar à Prefeitura quando surgir problemas, e claro providenciar as soluções. Vai funcionar como o Centro de Operações no Rio de Janeiro, gente ! Enquanto à sustentabilidade vai ter estações para recarregar os carros elétricos e sistemas de reciclagem de água, que pos…

Casas penduradas em Cuenca, Espanha.

Procurando não lembro o que encontrei estas adoráveis casas com sacadas de madeira, penduradas nas rochas da cidade de Cuenca; capital da província do mesmo nome na Espanha. As primeiras notícias da cidade se perdem no paleolítico superior, mas podemos dizer que o forte Qūnka construído pelos muçulmanos deu origem à cidade atual. No ano 1177 o rei cristão Alfonso VIII a conquistou e lhe deu o titulo Fuero de Cuenca, um dos mais prestigiados da região de Castilla. Nos séculos XV e XVI a cidade foi famosa pela sua industria têxtil, o que impulsionou uma grande atividade na construção. Mas o negócio dos tecidos foi à falência no século XVII e a cidade foi se esvaziando de habitantes. Nos 1833 a cidade vira na capital da nova provincia de Cuenca. Na atualidade sua economia está focada no turismo toda vez que no ano 1996 a parte antiga da cidade foi tombada Patrimônio da Humanidade. A cidade de Cuenca possui um importante patrimônio histórico e arquitetônico que se espalha por toda a cidad…

Londres, o prédio que derrete carros !

Um convite muito especial, agora estou no Twitter no @arqsteneri
Estou começando este novo marcador Certo & Errado, onde vão encontrar coisas bizarras ou burrices mesmo. É uma espécie de besteirol. Mas o que é um besteirol ? O besteirol (besteira+ol) é uma tendência cultural popular surgida nos anos 90 na música, literatura e no teatro, caracterizada por uma forma escrachada de humor, crítica social e política.

Aconteceu em Londres que três parques de estacionamento embaixo do prédio Walkie Talkie, foram suspensos após motoristas reclamaram que do brilho do edifício, ele tinha fundido algumas peças do seus veículos ! Os carros na atualidade levam certos componentes de plástico, por exemplo de poliamida. Este prédio de 37 andares do arquiteto Rafael Viñoly tem uma fachada côncava, a que atua como uma lente côncava e concentra os raios do sol, como vemos na imagem. Lembram aquela experiência na escola, de concentrar os raios solares de uma lupa, e assim queimar um papel ? Conforme o …

e-bike

Acreditam que isto que vemos na imagem é uma bicicleta elétrica ? Esta é e-bike DBO da Dafro, uma bicicleta leve de alumínio, que cabe no porta-malas do carro pois é dobrável, foi desenhada para percorrer pequenas distâncias e que gosta de pedalar. As características técnicas compreendem um sistema inteligente de torque dos pedais, com 3 níveis de potência; painel digital em LCD multifuncional; câmbio Sunrace de 3 marchas; peso de 28,8kg. Com bateria de Lítio Íon Ferro de 24V/6Ah podemos atingir uma velocidade máxima de 25 km/h. E para os que adoram as bicicletas ainda vem equipada com bagageiro com alforje de série; pneu Levorin especialmente desenvolvido para e-Bikes; e porta garrafinha. Os itens de segurança são dois tipos diversos de freio; buzina de 73 dB (à 10m); lanterna e farol em LED; espelho retrovisor.

Uma coisa importante para alguns tipos de produtos, é que os fabricantes tenham previsões sobre a disposição final das baterias gente ! As baterias tradicionais de chumbo são …

Muro Japonês

Numa eco-revista encontrei este produto conhecido como muro zen ou muro japonês; é uma alternativa à tinta, papel de parede, estuque e outros acabamentos para paredes e tetos. O produto é uma argamassa maiormente constituída de areia, argila, pedra diatomita e água. Mas o que é esta assim chamada de diatomita ? Pois a diatomita é uma rocha siliciosa sedimentaria formada por carapaças e esqueletos de algas microscópicas fossilizados. Usa-se como auxiliar de filtração; como isolante térmico e acústico; como carga em grande variedade de produtos. E como material de construção em misturas com argamassa, cimento ou concreto.
Conforme o fabricante deste Japanese Wall é um produto seguro e baseado em água, não tóxico (Zero COV) para o homem e para o meio ambiente. Não contem formaldeído, é formaldehyde-free. O formaldeído é um tipo de gás cancerígeno encontrado em muitos materiais de construção. COV significa Componentes Orgânicos Voláteis, por exemplo se você pinta sua casa com uma tinta de …

Dia Mundial sem Carro 2013 em Florianópolis

Fonte:http://noticias.ufsc.br/2013/09/dia-mundial-sem-carro-2013-contara-com-evento-na-ufsc/

No dia 22 de setembro, é celebrado o Dia Mundial Sem Carro, movimento criado na Europa em 1997 e que se espalhou pelo mundo como uma data para as pessoas refletirem, sobre o uso excessivo do veículo individual motorizado. É um dia para utilizar ônibus, bicicletas e formas sustentáveis de deslocamento para chegar ao seu destino. A exemplo da edição realizada em 2012, haverá esse ano, na sexta feira, 20 de setembro, e no domingo, 22, uma série de eventos em apoio ao Dia Mundial Sem Carro, entre eles a IIª Circunferência Sobre Mobilidade Urbana da Grande Florianópolis e a Maratona Intermodal.
A IIª Circunferência Sobre Mobilidade Urbana da Grande Florianópolis é uma iniciativa da organização Ritmos das Cidades – Rede pró Infraestrutura, Transporte, Mobilidade e Segurança no trânsito – em parceria com diferentes organizações relacionadas à educação, aos movimentos sociais, aos serviços públicos e à …

Residência em Santa Monica, CA (final)

Este belo sobrado tem no térreo muros de blocos de 20 cm de concreto e pavimentos do mesmo material; que atuam como armazenadores de calor. É o mesmo truque usado nestas casas que vemos na imagem, no deserto do Iêmen.
A água quente doméstica é fornecida por um sistema hibrido de coletores solares que alimentam também a laje radiante hidráulica (imagem), a piscina e o SPA. Ainda temos painéis fotovoltaicos de 5 kW para a iluminação exterior de baixo consumo da casa. Finalmente foram empregados diversos eco-materiais como o acabamento exterior de painéis de cedro vermelho certificados FSC; o teto do térreo de contraplacado de bambu sem formaldeído agregado; e o pavimento do andar superior de madeira de palma. O bambu e a palma são árvores de rápido crescimento.
Para encerrar gostaria salientar que a Califórnia tem rigorosas normativas que abrangem a sustentabilidade, são as chamadas de CCR Title 24 Califórnia desde o ano 1987.
Ps: www.bambubrasileiro.com

Residência em Santa Monica, CA 2

A casa tem grandes vidrados do piso ao teto, mas onde ? Pois onde interessa que entre o sol ! E onde necessitamos proteção temos aberturas mínimas ou parte da casa enterrada. Outra coisa bem diferente é colocar vidrados só por questões de estética, para que fique lindo ! (sou um chato ...rss...) Pessoalmente adoro este modo de iluminar naturalmente por clerestório (na imagem) significa pelo alto com janelas longas; tal e como se fazia nas igrejas medievais.  Não gosto de jeito nenhum dessas casas totalmente vidradas, onde fica a intimidade da família ? É como morar numa vitrine... Também tem perdidas de calor no inverno; e sobreaquecimento no verão, gente. O vidro deve ser usado com muito cuidado ! E nos tempos violentos atuais temos a questão da segurança na casa ! Este sobrado usa ventilação passiva por chaminé térmica, pois o ar penetra na casa por um ponto baixo como estas três janelas operáveis, na imagem à esquerda da porta branca, e sai pelas diversas clarabóias deslizantes. Ta…

Residência em Santa Monica, CA 1

Com muito prazer mesmo estou escrevendo isto, esta casa é o sono do arquiteto sustentável ! Mas como assim ? Acontece que esta luminosa residência Beitcher, em Santa Monica, Califórnia, é um projeto do escritório W3 Architcts para um encargo de uma família extremamente eco-consciente. Podemos dizer que a bela casa é uma vitrine das caracteristicas sustentáveis que nós almejamos encontrar numa eco-moradia; basicamente há três estratégias como o desenho solar passivo; tecnologias de ponta solar térmica e fotovoltaica; e ainda um grande leque de eco-materiais.

O desenho solar passivo começa já de pique com a correta orientação dos cômodos, conforme a insolação no inverno e no verão. Como vemos nas imagens trata-se dum sobrado voltado a um espaço interior ensolarado, no térreo temos uma aconchegante área social -para levar uma vida sem frescuras- com uma grande sala, a cozinha, e até um quarto para costurar e uma despensa, todo conectado a uma varanda ao ar livre. Maravilha ! No andar sup…

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa (final)

No indicador “Água” a cidade se coloca abaixo da média, principalmente pela alta taxa de vazamentos do sistema hídrico: 58%.  E também pelo alto consumo de água potável: 301 litros por pessoa e por dia; já a média do Índice é de 264 litros. A empresa estadual de água NOVA CEDAE, calcula que o 15% da água potável é perdida por ligações ilegais; por isso está investindo USD 158 milhões no ano para suspender isto fazendo novas conexões. Na imagem acima vemos o antigo aqueduto da Carioca. O 80 % da água da cidade é fornecida pela maior estação do mundo: a ETA Guandu (imagem), a que produz 43.000 litros de água potável por segundo. Também é encorajador o fato que nas escolas do Rio, se ensina a conservação da água nos programas de estudo. No indicador ”Saneamento” a cidade se coloca na média; conforme estimativas o 83 % da população tem acesso ao serviço de esgoto. As novas estações de tratamento que estão em construção atualmente vão melhorar o desempenho da cidade. Mas a maior iniciativa…

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa 2

No indicador “Uso da Terra e Prédios” a cidade também se coloca acima da média. Rio tem duas das maiores florestas urbanas do mundo: o parque estadual Pedra Branca (imagem) e o parque nacional da Tijuca. A cidade tem 58 m² de área verde por habitante, um pouquinho mais do que Curitiba. Também, o plano de ação para a mudança climática de Rio, exige a reforestação das áreas protegidas. São todas excelentes medidas de urbanismo sustentável, parabéns! Com o foco nos Jogos Olímpicos 2016, Rio está desenvolvendo áreas residenciais e comerciais ao redor do porto; o projeto Rio Maravilha de U$S 200 milhões, inclui a reconstrução de edifícios históricos, a melhora dos serviços de transporte e saneamento, a criação de ciclovias e zonas verdes. Atualmente moram na área do porto 30.000 pessoas, mas o estimado é que 100.000 pessoas habitem ali no 2016, quanto finalize o projeto.

No parâmetro “Transporte” a cidade se coloca na média; o sistema de transporte público é formado por ônibus e metrô. O me…

Rio de Janeiro, cidade maravilhosa 1

Esta série de posts contém informações do “Índice de Cidades Verdes da América Latina”; é uma avaliação comparativa do impacto ecológico das principais cidades da América Latina, um projeto de investigação realizado pela Economist Intelligence Unit, com patrocínio da empresa Siemens. As cidades são avaliadas em 8 itens: Energia e CO²; Uso da terra e prédios; Transporte; Lixo; Água; Saneamento; Qualidade do ar; Governança ambiental. Então vamos lá !

Rio de Janeiro é a segunda área metropolitana mais populosa do Brasil, com 12,3 milhões de habitantes, sua área urbana tem 6,4 milhões. Suas atividades econômicas principais são o turismo e os serviços; a cidade recebeu um fluxo de investimentos pelos eventos Copa do Mundo 2014 e Jogos Olímpicos 2016. Devido a isso a cidade está melhorando sua infra-estrutura para receber melhor aos visitantes. Rio é colocado acima da média na geral do Índice; a cidade tem estritas normas ambientais regulatórias das construções novas; e ainda possui edificaç…

Mercado Agrícola de Montevidéu 2

A operativa do mercado, incluiu a exigência da apresentação de um plano de negócios por cada futuro lojista, e cursos de vendas.  O antigo mercado é hoje um centro cultural e social, inaugurado há pouco, o local já é um ponto de encontro em Montevidéu. Seu mix de serviços compreende praça de comidas, casa do chá, casa do chimarrão (atenção gaúchos), palácio do café, supermercado, lojas, bancas de frutas e legumes, produtos orgânicos e para medicinas alternativas, produtos para celíacos. O processo de desenho consistiu em conhecer como era o funcionamento do antigo prédio e respeitar isso. Basicamente é uma praça telhada, numa tipologia com quatro quadrantes e ruas convencionais internas. Os pontos destacáveis são a restauração do telhado com sua bela estrutura metálica, e dos muros perimetrais de alvenaria. Um ponto interessante é que o Mercado não é um shopping convencional. Como assim ? Pois pela origem do protótipo no mundo, o shopping é uma edificação introspectiva, voltada ao int…

Mercado Agrícola de Montevidéu 1

Este projeto de restauração arquitetônica é um caso de revitalização urbana, o projeto original é inspirado no mercado Les Halles de Paris (imagem preto e branco). O mercado se localiza numa área caracterizada desde o começo do século XIX, pela presença dos serviços de abastecimento da cidade de Montevidéu. Em 1905 a Prefeitura chamou a concurso de projetos para a construção dele; algumas determinantes foram o orçamento enxuto e a presença de poucos apoios intermediários, para facilitar a circulação veicular no interior entre as áreas de armazenagem. Os vencedores do concurso Arqs. A. Vázquez e S. Geranio desenharam um volume de planta retangular, com o eixo longitudinal coincidindo com um eixo do quarteirão.

O Mercado Agrícola passou por um período de decadência, assim o local foi virando numa zona empobrecida e com problemas de segurança pública. Atualmente é tombado Patrimônio Histórico, teve o projeto de restauração do Arq. Carlos Pascual. Na frente dele é localizado o condomínio A…

Edifício Cidade Nova no Rio de Janeiro (final)

Gosto de dizer que o arquiteto é um diretor de orquestra, ele sabe o funcionamento geral do seu projeto, mas tem seus assessores em estrutura, em sanitária e hidráulica, em incêndio, em elevadores, em simulação do comportamento energético do prédio e chegado o caso em fachada ventilada. Ah, tem outro assessor, o mais importante, é o Contador da empresa ! Ele faz o estudo prévio de viabilidade econômica do empreendimento, o que permite ir na busca dos investidores. Estes são os personagens mais importantes, pois sem eles não há prédio !  Também ele deve calcular o prazo de amortização da fachada ventilada, com a poupança em climatização obtida, para convencer ao seu cliente de incorporá-la ao projeto. A inteligência do arquiteto está presente também quando ele escolhe seus bons assessores.

Agora vamos ver as poupanças no prédio, o consumo de água no edifício tem uma redução de até 50%, com um sistema de reúso que coleta as águas pluviais e a condensação do ar-condicionado; esta água é …

Edifício Cidade Nova no Rio de Janeiro 2

O prédio Cidade Nova tem nas suas seis fachadas vidros especiais, são vidros de controle solar baixo-emissivo (Low-E), eles foram essenciais para o aproveitamento da iluminação natural. Para isso também o prédio tem uma clarabóia de aproximadamente de 900 m² que cobre o átrio central. Uma característica interessante do prédio foi o estudo da interação entre o calor recebido pelo vidro e a refrigeração artificial, o que determinou a distribuição das saídas do ar-condicionado, dispostas ao longo de todo o piso do edifício; ao invés do teto como corriqueiramente se faz. Acontece que os dutos de ar instalados no alto, lançam o ar tratado a alturas onde não há ocupação de pessoas, o que ocasiona o desperdício de energia. Já o Edifício Cidade Nova mantém o ar refrigerado a uma altura máxima de 2 m, considerada a zona de conforto térmico para o ser humano. O sistema é automático, detecta o calor e manda mais ar se for necessário; conforme o Arq. Rezende, assim não há o risco da ação humana a…

Edifício Cidade Nova no Rio de Janeiro 1

O Arq. Ruy Rezende criador desta beleza, pode-se gabar que seu prédio foi o primeiro na cidade maravilhosa em obter a certificação LEED Liderança em Energia e Desenho Ambiental. Mas como o conseguiu ? Lembremos que o selo governamental Procel Edifica pontua os três predadores da energia dum prédio: a envoltória exterior, o ar-condicionado, a iluminação artificial. Pois o prédio Cidade Nova -ano 2008- desde o pique do seu desenho, procurou atender estes três quesitos usando o sistema de fachada ventilada, chamado também dupla pele.  A fachada ventilada é formada por duas peles de vidro, entre elas temos uma câmara de ar, então este ar vai-se esquentando, sobe e se dissipa ao exterior como vemos na imagem. Tal e como acontece na chaminé da lareira da sua casa. Conforme o Ruy Rezende: “dos quatro joules que entram pelo primeiro vidro, dois são devolvidos à atmosfera, dois passam para o segundo espaço (a câmara) e, desses, somente um passa para o ambiente interno”. Ótimo ! O sistema dupla…

Sapiranga, Reserva de Mata Atlântica

Fonte: http://bahia.com.br/roteiros/projeto-tamar-e-reserva-sapiranga/

Os fãs do ecoturismo também não podem deixar de conhecer a Reserva particular de Mata Atlântica de Sapiranga, a cerca de 3 km de Praia do Forte, no estado de Bahia, seguindo pela Linha Verde. São 600 hectares de mata secundária, totalmente preservada, com espécies raras de fauna e flora como o mico-estrela, o tamanduá, 40 espécies de pássaros, orquídeas e bromélias. Conta com um Centro de Apoio ao Visitante, estacionamento, espaço para reabilitação de animais silvestres e guias para trilhas. São oito opções de trilhas, todas sinalizadas com placas verdes para quem faz o percurso a cavalo ou de bicicleta, e vermelha para quem vai a pé.

A trilha da Gameleira, como sugere o nome, dá acesso a esta árvore sagrada do candomblé e que serve de habitat ao bicho-preguiça. A trilha da Espera era ponto favorito de caça, hoje proibida em nome da preservação das espécies. A trilha da Correderia ou Tapagem dá acesso às corredeiras…

Tamar, Projeto de preservação das Tartarugas Marinhas

Fonte: http://bahia.com.br/roteiros/projeto-tamar-e-reserva-sapiranga/

Projeto de preservação das Tartarugas Marinhas, o Tamar é ligado ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) e apoiado por parcerias diversas com ONGs e instituições estaduais e municipais. Criado em 1980, sua primeira sede fica em Praia do Forte, no Estado de Bahía, mas o Projeto já é realidade também em outros estados da costa brasileira. Em 1988, o Tamar ganhou um aliado decisivo e definitivo: a Fundação Pró-Tamar, entidade sem fins lucrativos criada para apoiar, agilizar e possibilitar o desenvolvimento dos trabalhos de conservação das tartarugas. É responsável pelas entidades nas áreas administrativa, técnica e científica, e na captação de recursos financeiros.

Na sede, o visitante pode observar os diversos tanques que servem de abrigo e reprodução controlada da espécie, conhecer os ninhos de desova, além de aprender mais sobre as tartarugas marinhas com palestras e vídeos apresentados no anfiteatro. O loc…

A cerâmica armada do Dieste 2

E agora a cereja do bolo, a igreja “Cristo Obrero y Nuestra Sra. de Lourdes” do Eng. Dieste; a igreja conhecida popularmente como a “Igreja de Atlântida” é uma síntese da engenharia da cerâmica armada e da poesia, adequada para o recolhimento religioso. É uma das obras mais admiradas dele no mundo todo, aparece o uso hábil de luz, essa luz, elemento inseparável das suas obras, usada como se fosse um material mais de construção tal e como fazia Le Corbusier. A luz conduz ao visitante a uma escala de transcendência pessoal, faz vívida a experiência religiosa através da iluminação escolhida. Trata-se de uma estrutura simples, no sentido de que é repetitiva, devido ao enxuto orçamento. Conforme Standford Anderson do MIT: “as inovações estruturais do Dieste também incluíram inovações excepcionais na construção como o sistema móvel de fôrmas, técnicas de aço pré-estirado, rapidez de construção.” Segundo o próprio Dieste: “meu propósito foi criar estruturas racionais e econômicas, e fui aper…