Pular para o conteúdo principal

Postagens

Eco-condomínio em Melbourne

Já imaginou morar numa casa que produz sua própria energia elétrica, ainda com seu consumo equalizado por um sistema de automação residencial ? Esta comunidade verde Yarrabend, com projeto do escritório Glenvill está localizada em Melbourne, na Austrália, os vizinhos a chamam Tesla Town. É um exclusivo condomínio no meio do verde exuberante, com ciclovias, trilhas para caminhada, parques comunitários e playgrounds, e ainda é possível jogar golfe. Já estão à venda as primeiras 60 casas, o empreendimento terminado vai incluir 2500 unidades residenciais entre casas unifamiliares, moradias em fileira e apartamentos; os preços não são baixos, vão desde 1,5 milhões até 2 milhões de dólares. 




A cada moradia tem um sistema fotovoltaico no telhado e uma bateria Tesla Powerwall de 7kWh para armazenar energia elétrica. O sistema de automação permite a gestão de todos os dispositivos eletrônicos, desde a iluminação até os eletrodomésticos; também pode ser operado remotamente mediante um dispositiv…
Postagens recentes

belas Cittaslow na Turquia (1)

Para aqueles que estejam pensando em dar uma freada na sua vida, fugindo da correria diária, as Cittaslow são o local indicado para morar, bater-papo e...tentar ser feliz ! Vejam estas pessoas de pescaria nas águas calmas do porto de Sığacık, na cidade de Seferihisar, na Turquia...A cidade pertence à rede Cittaslow; uma organização mundial que só na Turquia tem 11 cidades associadas; a palavra significa cidade lenta, daí a logomarca do caracol laranja. 





O movimento Cittaslow nos desafia a substituir os hábitos sufocantes da vida urbana metropolitana, retardando o processo de globalização para preservar a diversidade cultural e as características únicas, que tornam as pequenas cidades, cidades especiais. Por sinal Seferihisar foi a primeira cidade fazer parte do movimento Cittaslow na Turquia; não foi afetada pelo crescimento desordenado no litoral Egeo e Mediterrâneo pela a presença de áreas militares protegidas, bem como sítios arqueológicos, como estas muralhas do império Otomano no …

Supermercado gratuito com produtos doados

Sabem quem é esta simpática mulher ? Pois é Ronni Kahn a empresária australiana idealizadora do OzHarvest, um supermercado gratuito que trabalha com produtos que seriam descartados.

O supermercado é baseado no modelo “Pegue o que precisa, dê o que puder”, (take what you need, give if you can). Localizado em Sidney, nasceu para lutar contra o desperdício de alimentos e o impacto no meio ambiente e, para combater a fome. Tudo é gratuito para aqueles que não podem pagar por isso, ou a pessoa pode doar a quantia que desejar.O supermercado resgata alimentos que são absolutamente comestíveis, mas que não podem ser vendidos por restaurantes, supermercados e varejistas, com data de validade por vencer, ou recém-vencidos. São produtos como enlatados amassados ou frutas e legumes com alguns “defeitos”, que acabam indo para o lixo. Mas os motoristas do OzHarvest são treinados no manuseio desses alimentos, não aceitando nenhum produto que eles mesmos não comeriam.O desperdício de alimentos na Aust…

Novo terminal no aeroporto de Oslo

Este novo terminal do aeroporto de Oslo, na Noruega, utiliza neve como refrigerante !

Com seus 148 mil m² este terminal é, o mais energeticamente eficiente do mundo; toda a estrutura do aeroporto conseguiu reduzir o consumo de energia em até 50%, utilizando um sistema de calefação à distância com energia térmica natural da neve recuperada. Este é um projeto holístico com desenho do escritório de arquitetura Nordic, foi projetado conforme o protocolo BREAM, o que permitiu atingir elevados patamares de sustentabilidade. A forma e orientação do edifício, com estes grandes vidrados, conseguem maximizar a iluminação natural. Também foram empregados quase exclusivamente materiais naturais, por exemplo madeira das florestas escandinavas, como nas vigas que suportam o telhado; ainda aço reciclado e uma mistura de cimento e cincas vulcânicas.




O sistema de certificação britânica BREAM, avalia os impactos ambientas dos prédios no percurso de toda sua vida útil, é muito abrangente e pontua aspectos…

Jardinzinhos suspensos em Treviso

Estes jardinzinhos suspensos em Treviso, na região do Veneto, norte da Itália, são uma metáfora dos jardins suspensos de Babilônia, só que aggiornados conforme a tecnologia do século XXI.

Atenção aos que moram em apartamentos sem varanda, gostariam de pendurar um pequeno jardim na fachada?  Este jardinzinho Green4all é uma estufa pré-fabricada e móvel, que pode ser aplicada às fachadas de edifícios nas aberturas existentes; com o objetivo de fornecer uma terra produtiva externa e, espalhar o verde, bem-estar e qualidade ambiental para os moradores da cidade, mas também para melhorar o desempenho energético da casa, atuando como um amortecedor térmico. O jardinzinho é construído com materiais reciclados; é alimentado com um painel fotovoltaico que produz energia elétrica também usada para fins domésticos; está ainda equipado com um sistema de coleta e reúso de água da chuva; outro para hidroponia e ainda um sistema de compostagem. Projetado flexível e modular, e disponível em versão sim…

Circular Economy Building em Londres

Gostariam morar nesta casa pré-fabricada que, no caso de mudanças familiares pode crescer e ainda é construída usando elementos totalmente reutilizáveis ? Com VÍDEO.

A arquitetura sustentável não é uma moda não, é algo a ser levado a sério, conforme a responsabilidade do arquiteto, este é o caso do prestigioso escritório de engenharia Arup Associates. Isto é uma acusação à ineficiência da indústria da construção, no Reino Unido ela produz três vezes mais resíduos do que as famílias britânicas, metade das quais não são reciclados ! Normalmente, a indústria opera dentro da economia linear de "construir, usar, dispor os resíduos no aterro sanitário". Pelo contrário este protótipo foi projetado dentro da lógica da Economia Circular, para que todos os seus componentes possam ser desmontados e reutilizados. Mas como como funciona esta maravilha ? Com ajuda da tecnologia digital, todos os elementos têm um código QR, com a informação necessária que permita se reúso; ela pode ser vist…

Arquitetura do vinho no Uruguay (2)

Conforme a imagem, esta fantástica vinícola, está localizada em uma varanda natural de onde é possível enxergar a vasta extensão das ondulantes vinhas.

Os projetistas da obra, os arquitetos Bórmida & Yanzón, estão dedicados a uma arquitetura da paisagem, fazendo neste caso uma interpretação da terra de Garzón -no Uruguai- e, logo propondo uma arquitetura a partir dessa paisagem, úmida e rochosa. Os insumos para o projeto foram as grandes rocas naturais como elemento a preservar, sua particular floresta nativa e, as colinas cheias de morros arredondados e barrancos. Nestas depressões naturais da terra, temos três naves de fermentação para vinhos de diversas gamas; a bela paisagem se continua nos telhados verdes das edificações. 




O projeto tem acessos diferenciados para as áreas de produção e de turismo; possuindo um restaurante para 120 pessoas, bar do vinho, loja de merchandising, sala de usos múltiplos e degustação de vinhos. Bodega Garzón é uma das maiores vinícolas do mundo com 1…